Menu Central

Propaganda Monumenta

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Ravendark’s Mornachal Canticle - Entrevista






Ao passar dos anos, as marcas ficaram de angústias de um sonho que está sendo apagado. Memórias permanecem na cabeça, apenas o ódio e a arrogância fazem valer viver e resgatar aquilo que o tempo não traz mais de volta. Trago-lhe agora o caos sonoro: Ravendark’s Mornachal Canticle...

01 – Saudações, Caio! Para começarmos, comentem sobre suas obras bélicas ao longo dos anos e ressaltando a ideologia nelas contidas.

Caio Bildner (OIAC MCM/-32) – Saudações de guerra, grande amigo e aliado...
O R.M.C. surgiu em meados de 2004, do objetivo pessoal de criar algo livre de malditas regras e direcionamentos de terceiros... Compactuando com essa máxima, fecha o círculo Carlos Pimentel (SOLRAC MCM/-32) e os lançamentos passam a tomar forma:
1) Honra Sulamericana – Tape/Cd-r 2004
2) Terras Sul-americanas do Ódio – Tape 2005
3) Vivos – No Campo de Batalha – Tape 2006
4) Guerreiros das Trevas – Compilação Tape 2006
5) Total Holocaust Attack – Compilação cd-r 2006
6) Força Beligerante Brasileira – Culto a Guerra – Tape Compilação 2006
7) Ostentando o Estandarte da Soberana Deshumanização – Dvd 2006
8) Sadistic Hordes of Destruction – Split tape com: Cursed Christ / Daemon Est deus Inversus e Black Baptism – 2006
9) Sentinelas no Front – Tape 2007
10) Monarchal Pest – Split tape com o Vulvapest – 2007
11) A Ascensão da Arrogância Ódio e Intolerância – Debut tape – 2008
12) Anti-Humanismo Patrio – Cd-r Compilação - 2008
13) Bulgaryan – Southern Radikal Propaganda – Split cd / tape com: Sturm Kommand / 88 / Uriburu - 2008
14) Fantomania II – Split cd tribute ao Fantom, com: Dög / Drünken Bastards / Funebre e Sacrificial Dagger - 2009
15) Breath of a Deadly Silence – Split cd com o Misanthropic Triumph – 2009
16) Sob a Bandeira do Ódio e da Arrogância – Debut cd 2010
17) Der Angriff – Split cd-r com o Die Human Race - 2010
18) Bestial Supremacy – Split cd/tape com o Wargoatcult – 2010
19) The Goat Canticle – Split tape com o Morbid Goat Fornicator - 2011

02 – Vejo que exalta a guerra e o ódio contra toda a decadência humana e a acefalia Judaica cristã islâmica. Comente sobre sua busca histórica do passado de guerra paulistano e do fato de você não ser humanista e político, como seu próprio hino fala: Anti-humanismo Pátrio, do álbum “Sob a bandeira do ódio e da Arrogância”  

OIAC MCM/-32 – Em parte do ciclo de nossas vidas, somos doutrinados a seguir determinadas regras/dogmas, calcadas muitas vezes na maldita sociedade cristã. Sociedade esta repleta de seres idiotas / fracos e burros, os quais sequer sabem de sua história – Lê-se origem! Para que o meu filho não perdure nesta santa ignorância, busco estudar/transmitir a ele a história de meus antepassados e aprender com ela, revisitando – enaltecendo suas glórias e desprezando – aprendendo com suas derrotas...
Acredito que, além de canalizar o conhecimento na perpetuação das minhas raizes, disseminar aos paulistas e demais brasileiros um pouco dessa história cheia de triunfos via letras / hinos do R.M.C., eu consigo fazer com que a banda fuja da mesmice...
Não sou partidário de direita ou esquerda, enalteço apenas as Nossas Terras férteis e desprezo o maldito ser humano atual....Invencionices mil, sentimento escasso... 

03 - Nessa jornada caótica que caminhamos, desafios são constantes para fugirmos de uma realidade em que vivemos e odiamos. Qual é o seu sentimento com a realização de um trabalho finalizado? 

OIAC MCM/-32 – Eu sempre entro em um projeto para vencer, independente do esforço ou sacrifício a ser despendido... Portanto, todos os meus projetos tomam forma e registram algo, como método para satisfazer apenas o meu maldito umbigo e poder afirmar – Consegui! O apoio sempre inexistiu, e tudo o que criei o fiz para ter o prazer de ouvir os hinos, não obter qualquer retorno da massa...


04 – És um grande apoiador do Necrounderground esquecido, suas práticas são imensas em torno de várias hordas que contêm o apoio de sua arma de guerra.  Isso realmente é de grande ajuda para aqueles que vivem inteiramente todos os dias por esta causa. Conte-me do seu respeito e interesse por elas e como você se identifica com tantos estilos abordados das diferentes hordas.

OIAC MCM/-32 – Como eu disse acima... Poucos são aqueles os quais compactuo quanto a idéias e postura; Más estes são dignos de apoio dentro de minhas limitações enquanto maldito e fraco ser humano / músico... Quando possuo condições em apoiar projetos os quais acredito, simplesmente faço... A satisfação do material registrado não tem preço que pague....Haillz aos meus restritos aliados e aos projetos os quais faço parte!

05 – Faça considerações breves sobre esses temas:

Bomba Nuclear – Um novo começo
Sofrimento-evolução - Necessário
Escuridão eterna – O presente

06 – Não sei se você vai me compreender, mas hoje em dia eu odeio essa palavra “Metal”, na identificação da música pesada e sombria é clichê e me dá nojo, mas não dou a mínima e continuo para poder cuspir nessas novas bandas que só vêem a música e esquecem a parte ideológica que contém essa arte, trazendo a decadência nos dias de hoje...

OIAC MCM/-32 – Cara, eu já penso o contrário... Prefiro definir cada vez mais meus projetos dentro do termo Metal, para me distanciar da nova safra a qual criou um milhão de sub-estilos dentro do estilo!  Esse também foi o motivo pelo qual intitulo o RMC como War Metal...São poucos os quais conhecem a fundo a proposta e apóiam, sendo que a maioria acéfala nos associa com o NS (novos metaleiros – ahahahah!) e nos desprezam....
Continuem assim, seus bostas! 

07 – Acho que seu mais novo material que venho acompanhado é o split com Morbid goat fonicator. Diga-me como ficou esse resultado e se você já tem algo registrado para futuros lançamentos.

OIAC MCM/-32 – Esse material foi lançado recentemente pelo selo do meu aliado do Morbid Goat Fornicator – Tarroth. O selo é o Nuclear Atomic Desolation do Chile e foi lançado em formato tape... Este apresenta 3 hinos novos de cada banda.
Em um futuro próximo, registraremos o segundo álbum e hinos para um split... Só o tempo dirá se conseguiremos....O RMC prima pela espontaneidade, portanto, a qualquer momento apareceremos com material novo...

08 - Irei parar por aqui, aliado. Dedico esse espaço aos seus comentários finais. Vejo-lhe no último front, no abismo sombrio de Hades!

OIAC MCM/-32 – Agradeço o apoio irrestrito a minha banda, bem como o perfeito discernimento acerca de nossa ideologia e postura! São poucos os que fogem da acefalia atual e são dignos de nosso apoio!
Nós Somos os Lobos Sul-Americanos – Metal Brasileiro de Guerra!

Contato: caiobildner@gmail.com

Morcego

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...